Questão de escolha

Era preciso uma reviravolta para ajeitar o que estava (está?) desarrumado. Girl Boss, uma série original Netflix, conta a história de Sophia Amorouso, uma garota falida que fundou a Nasty Gal, loja reconhecida por vender produtos vintage customizados. Durante sua maior crise financeira, ela deu a reviravolta, em vez de entregar os pontos. Foi preciso saber, no caso dela, qual peça de roupa se destacava em meio a tantas porcarias. No nosso caso, saber quem

Série:
Girl Boss
(1 temporada,
13 episódios)
Ano:
2017, Netflix
Direção:
Charlize Theron e Christian Ditter 
Elenco: 
Britt Robertson, 
Ellie Reed, Dean Norris e outros
Gêneros:
Drama, Comédia,
História Real
Figurinista: Audrey Fisher
 
Era preciso uma reviravolta para ajeitar o que estava (está?) desarrumado. 
Girl Boss, uma série original Netflix, conta a história de Sophia Amorouso, uma garota falida que fundou a Nasty Gal, loja reconhecida por vender produtos vintage customizados. 
 
Durante sua maior crise financeira, ela deu a reviravolta, em vez de entregar os pontos. Foi preciso saber, no caso dela, qual peça de roupa se destacava em meio a tantas porcarias. No nosso caso, saber quem.
 
Uma jaqueta. A jaqueta. Era a tal peça incrível que fazia e completava a produção e, por ser única, foi tão cobiçada.
 
Dando o quanto tinha no bolso — e negociando para isso —, ela sabia que estava investindo pouco por algo que valeria muito.
Eu estou falando de querer! De fazer as escolhas certas e provocar mudanças quando preciso, assim como um rasgo proposital na calça jeans já gastada ou um broche novo no vestido velho. É preciso saber renovar o que existiu lá atrás e enxergar uma nova possibilidade lá na frente, mesmo que o momento pareça não tão promissor por conta de crises. Nove dólares viraram milhões!
 
Eu gostaria de me tornar essa peça vintage. Sem parecer ter valor algum, gostaria de ser a diferença positiva na vida de alguém e contar boas histórias através dos detalhes que me definem. Roupa tem toque, eu tenho TOC. Eles podem me tornar um pouco esquisita, sim, porém me permitem ser única. Em outras palavras, com jeito estilista de dizer, é peça conceitual e custa caro: não se usa, guarda-se.