Dança, uma alternativa prazerosa

Democrática, a dança é uma atividade que pode ser praticada — e aprendida — por pessoas de todas as idades, conquistando inúmeros benefícios

Hoje, é de conhecimento de todos a importância da atividade física regular, que, combinada à alimentação equilibrada, aumenta a longevidade e melhora a qualidade de vida, porém, mesmo diante de tanta informação e comprovação de estudos, muitos justificam não praticar exercícios por não sentirem prazer ou por considerá-los tediosos. Nesse contexto, a dança é, então, uma alternativa para quem não se sente atraido pelas atividades convencionais, pois, além de trazer os benefícios para o corpo, também atinge a mente e gera efeitos terapêuticos, como diminuição do estresse, combate à depressão, aumento do bom humor e elevação da autoestima. “Basta se deixar levar pelo ritmo da música e uma sintonia é estabelecida entre o corpo e a alma”, afirma a bailarina e educadora de dança Dânia Amaral.
 
Isso sem contar os efeitos físicos, que são muitos: melhora a condição muscular, promove o ganho de condicionamento físico, aumenta o equilíbrio, a flexibilidade e a condição articular, e auxilia na perda de peso. Também trabalha a interação social e diminui a timidez. Ainda assim, o poder da dança vai além: diminui o risco de Alzheimer e outras demências devido a estimulações de diferentes partes do cérebro ao exigir memorização para a realização do movimento. Quanto mais se dança, mais essas áreas são estimuladas. Assim, observa-se completa mudança para enfrentar o dia a dia.
 
O Espaço Dânia Amaral, especializado no ensino da Dança para todas as idades e com diversas modalidades, preocupa-se em acolher pessoas que querem melhorar a qualidade de vida e cuidar da saúde através da prática dessa atividade física, mesmo sem ter aprendido a dançar antes. “Temos diversos alunos que dançaram na infância e na adolescência e, após vários anos afastados, retornam por não terem encontrado uma atividade física que alcançasse a alma”, reforça Dânia. Gisele Balsalobre, gerente do Espaço Dânia Amaral, comprova essa afirmação com números. “Em 2017, tivemos um aumento de 40% nas matrículas de alunos adultos iniciantes. Antes, havia mais receio em iniciar a dança sem nunca ter praticado. Esse medo está diminuindo, até porque, qualquer um aprende e pode dançar”, finaliza Gisele.

Escolha sua atividade
O Espaço Dânia Amaral oferece aulas de iniciação para adultos  em ballet clássico, contemporâneo, jazz, sapateado, fit dance e danças urbanas.


Espaço Dânia Amaral 
Rua Humaitá, 313, Bairro Santa Cruz do José Jacques
Tel.: (16) 3620.8000